Você sabe o que significa saúde mental?

Um assunto que está muito em voga no momento é a saúde mental. Mês passado as manchetes foram tomadas sobre o assunto após a norte-americana Simone Biles, fenômeno da ginástica artística e dona de mais 30 medalhas em mundiais e olimpíadas, abandonar a competição em Tóquio para preservar seu bem-estar mental. Mas, afinal, você sabe o que é saúde mental e como pode cuidar dela?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o conceito de uma pessoa saudável é bem mais que a simples ausência de doença, deve ser um completo estado de bem-estar físico, mental e social. Para a Organização, a saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, para se tornar produtivo e contribuir com a sua comunidade.

Nos últimos anos, as crises de ansiedade, ataque de pânico, depressão e a síndrome de burnout estão sendo comumente diagnosticados nos consultórios. Um relatório da OMS apresentado em 2017 revelou que a depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, quase metade da população de toda a Europa. O mesmo estudo apontou que outros 300 milhões de pessoas sofrem de algum tipo de transtorno de ansiedade. No Brasil, os números chegam a 11,5 milhões. A OMS acredita que em 2030 a depressão será a doença mais comum no mundo.

Os especialistas explicam que todas as pessoas estão suscetíveis a desenvolver algum tipo de transtorno psicológico ao longo da vida, independentemente de idade, gênero, raça ou classe social. Porém, de acordo com a OMS, o risco de alguém ficar deprimido aumenta com a pobreza, o desemprego e com algum fato da vida, como a morte de um parente ou amigo, o fim de um relacionamento, debilitação física ou problemas causados pelo consumo de álcool ou drogas.

A pandemia da COVID-19 também fez com que os casos de distúrbios mentais disparassem. No Brasil, uma pesquisa do Ministério da Saúde, realizada com mais de 17 mil pessoas, mostrou que 86,5% dos entrevistados apresentavam quadro de ansiedade.

As pesquisas mostram que os sofrimentos e adoecimentos mentais afetam diretamente as ações físicas, relações sociais e aptidão para produzir. Por isso, a prevenção e a promoção da saúde mental são tão necessárias.

Ansiedade, depressão e todos os problemas psicológicos têm tratamento. Fique atento a você e às pessoas ao seu redor. Se o diálogo e o acolhimento não resolverem, procure ajuda de profissionais especializados.



Dicas para melhorar sua saúde mental:

  1. Cuide do seu corpo: adote novos hábitos diários, como se alimentar bem, praticar atividade física, manter-se hidratado e manter um sono regular.

  2. Evite o consumo de álcool e drogas: O Ministério da Saúde alerta que o consumo de substâncias psicoativas, principalmente em excesso, aumenta consideravelmente as chances de desenvolver transtornos mentais. Logo, se você já estiver sofrendo com esses problemas, o uso dessas substâncias podem agravar a situação.

  3. Mantenha uma boa relação com as pessoas ao seu redor: Esteja cercado de pessoas que te fazem bem. Se aproxime de pessoas positivas, que você confie e que te apoiem.

  4. Foque em coisas que estão ao seu alcance: Criar muitas expectativas pode gerar mais ansiedade, principalmente em um momento tão incerto como o atual. Adeque sua rotina e planeje apenas o que esteja a seu alcance. Viva um dia após o outro.


E se precisar, procure ajuda profissional. Na Chave da Questão você encontra profissionais capacitados prontos para lhe ajudar.