Languishing: já ouviu falar?

Uma sensação de desânimo e de apatia, que faz os dias passarem como que no automático.

As tarefas podem até ser cumpridas, mas já não inspiram entusiasmo.

Evidentemente longe de um estado de contentamento, tampouco se pode falar em uma condição depressiva.

Trata-se de uma emoção difícil de nomear, mas que rouba o entusiasmo e que pode ser o prelúdio de algo mais grave.

O "languishing", termo cunhado pelo sociólogo Corey Keyes e descrito pelo psicólogo organizacional Adam Grant no jornal The New York Times, é um estado emocional que, em sua essência, se define pelo vazio. Nesse estado, o indivíduo não se encontra na sensação de bem-estar emocional, nem no estado de depressão.


Confirma mais matérias sobre o assunto nos links abaixo:

- Languishing: uma apatia que toma conta do cotidiano

- Languishing: o que é essa sensação de apatia que cresceu durante pandemia?